estrela azul.png

Análise Experimental do Comportamento em Organizações:

fundamentos, características, intervenções, decorrências e avaliações

Design sem nome (16).png

objetivo: Analisar funcionalmente fenômenos (processos) comportamentais em contextos em trabalho de organizações.

Design sem nome (20).png

Procedimento geral de trabalho:


Em função das limitações em relação à atividade presencial ou circunscrita aos recursos de internet, o trabalho será realizado em exposições, ilustrações e debates em função de questionamentos ou solicitações dos participantes.

Design sem nome (19).png

O trabalho será feito em etapas, conforme os itens do plano de questionamentos e exposições apresentado e, a cada etapa, será solicitada contribuições, questionamentos ou avaliações dos participantes.    

Design sem nome (18).png

Na plataforma, você tem acesso às duas aulas - serão 4 horas de aulas gravadas!

Um pequeno tira gosto...

Dr. Silvio Botomé

Análise Experimental do Comportamento em Organizações - Parte 1

Programação

estrela.png

Aula 1:

1. Com o que trabalha um profissional do comportamento quando realiza esse trabalho em uma organização ou instituição ou qual é o objeto de trabalho de um profissional do comportamento nesse tipo de atuação?


a) a constituição dos processos comportamentais?


b) a determinação de tais tipos de processos?


 c) a microscopia e a macroscopia das possibilidades de intervenção nesse objeto?


2. Limitações de conhecimento e de realização do trabalho com comportamento?


a) níveis de compreensão dos processos comportamentais?


b) âmbitos de atuação em relação a processos comportamentais?


c) campo de atuação e mercado de trabalho como processos comportamentais?


c) áreas de conhecimento e formas de conhecer com relação a comportamento?


d) tipos de contribuição a respeito de comportamento em cada área de conhecimento? 


3. Conceitos fundamentais para o trabalho com Análise Experimental do Comportamento?


a) tipos de definições e a definição operacional?


b) definição funcional do comportamento?


c) conceito de comportamento operante como sistema de relações em evolução?


d) conceitos básicos relativos a comportamento e suas definições operacionais?

estrela.png

Aula 2:

4. Procedimentos básicos de intervenção em relações comportamentais de organizações?


   a) o que constitui uma organização? 


   b) distinção entre “organização” e “instituição”?


   c) conceito de objetivo de uma organização e sua orientação funcional?


   d) distinções entre objetivo, missão e vocação comportamentais de uma organização?


    e) planejamento tradicional e planejamento estratégico de uma organização?


5. Atuação ética e referenciais científicos no trabalho profissional quanto às relações de poder?


   a) diferentes tipos de relações existentes em uma organização?


   b) estrutura organizacional e relações de poder em relações comportamentais?


   c) referenciais científicos nas relações de poder em processos comportamentais?


   d) relações éticas e relações políticas em processos comportamentais?


6. Relevância social, científica e histórica como critério para o trabalho com comportamento?


   a) Diferentes tipos de critérios para orientar um trabalho profissional?


    b) Relações entre critérios de relevância, processos comportamentais e intervenção?


   c) Mistificação do trabalho profissional como concentração de poder?


   d) O comportamento operante pode ser critério e orientação na atuação profissional?

...E muito mais!

Camada 1.png

Para quem é esse curso?

Psicólogos, administradores, gestores, profissionais de Recursos Humanos e áreas afins e estudantes destas áreas do conhecimento. 

Coordenação

Botome 2a2b3e.webp

Dr. Silvio Paulo Botomé

Possui graduação em Licenciatura Em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1972), graduação em Bacharelado Em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1972), mestrado em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (1977) e doutorado em Doutorado Em Psicologia - Experimental pela Universidade de São Paulo (1980). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Trabalho e Organizacional, atuando principalmente nos seguintes temas: comportamentos profissionais, análise comportamental, formação do psicólogo, ensino superior e análise experimental do comportamento, comportamentos constituintes de organizações e sua organização em sistemas de interação. Foi professor da Universidade Católica de São Paulo (1971 a 1978), professor Titular da Universidade Federal de São Carlos (1978-1998)e é Professor Titular da Unviersidade Federal de Santa Catarina (desde 1999). Orientou pós-graduandos no Programa de Pós-graduação em Educação e no Programa de Pós-graduação em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos e no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (desde 2000). Foi consultor da CAPES, do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB). Foi chefe de Departamento de Psicologia na PUCSP, Diretor de Centro e Pró-reitor de extensão na Universidade Federal de São Carlos. Foi consultor da Universidade de Caxias do Sul nas décadas de 1980 a 2000. Publicou 13 livros a respeito de comportamento, gestão de ensino superior e de pesquisa e extensão e programação de ensino. Supervisiona estágios de estudantes de Psicologia desde 2005. Foi consultor da SESu para o planejamento da Universidade de Cabo Verde em 2008 e 2009 (trabalho interrompido por alteração no convênio entre os países). Tem seis prêmios por trabalhos científicos e didáticos (dois nacionais e quatro regionais)

Não perca nada!

Receba nossas atualizações